11.4.07

Discernimento de Estímulos...

A vida corre diante mim. Sinto-me chamado de tantos lados.
O estudo da Teología. O querer aprofundar talentos e afinar a sensibilidade. Olhar o mundo. Escrever aqui ou alí? Sobre isto ou sobre aquilo? Sonhar e fazer rascunhos do futuro. Escutar e reparar algumas dores. Partilhar alegrias e desafios. Arriscar novos caminhos...
Se não sou capaz de escolher, não serei capaz de responder a nenhuma das chamadas.
É por não querer terminar paralizado pelos estimulos que do mundo me chegam que o Optimista tem estado parado. E por agora, assim vai ficar.

Paro para descansar. Porque penso que, neste momento, é por aí que passa a fidelidade.

Até que que o regresso seja resposta urgente a uma chamada.

Até já...
P.S. Vamo-nos vendo por aqui.